Escolha uma Página

Daniel Lança consultor em Compliance, professor e escritor  dá dicas simples para uma rotina diária com integridade

Os Programas de Compliance e Integridade são rotineiramente ligados ao mundo empresarial e do funcionalismo público. Mas para viver com integridade e em conformidade é preciso adotar rotinas diárias de integridade e padrões éticos. 

“Ninguém diz que quer ser desonesto ou corrupto e faz essa escolha. As pessoas erram, deixam a vida levar, sem analisar e refletir e ficam cada vez maiores os desvios éticos e concessões”, explica o sócio da SG Compliance e Compliance Officer do Instituto Inhotim, Daniel Lança.

Durante um bate-papo com a especialista em Compliance, advogada Anna Bastos, Daniel apontou atitudes diárias e deu 10 dicas de como viver com Integridade, todos os dias. 

Confira a live completa de Anna Bastos e Daniel Lança!

1- Cuidado com pequenas concessões

Grandes rompimentos começam com pequenas brechas que são abertas. Portanto, tome cuidado com as pequenas concessões.

2- Defina regras claras e limites

Conheça bem e entenda as suas fraquezas e dificuldades. A partir disso, saiba até aonde ir. Esse será seu cartão de visitas e um importante passo para viver com integridade.

“Se conhecemos as nossas dificuldades e trabalhamos elas internamente, passamos a identificar no dia a dia coisas que, antes, poderiam passar despercebidas. Pequenos deslizes e desvios, pequenas concessões”, explica Anna Bastos. 

3- Aprenda a dizer NÃO

“É melhor um momento com as bochechas vermelhas do que o resto da vida com a cara amarela”, defende Daniel Lança.

Muitas pessoas acabam comentado pequenos deslizes por não saber dizer não. Por isso, coloque regras claras de onde pode e não ir. Saber muito bem seus limites vão ajudar a falar não. 

4- Mantenha sua palavra sempre

Mesmo quando isso te prejudicar, mantenha sua palavra. Não mudar o tempo todo é um indício de que você é alguém de palavra.

5- Cuidado com o que fala

Sua boca é sua vitrine. Não fale de alguém por trás aquilo que você não falaria frente a frente. 

Aprenda a expressar somente aquilo que traz esperança, sem murmurar.

“Aquele ditado de que quem fala demais da bom dia a cavalo? Lembre-se sempre dele”, alerta o Compliance Officer. 

6 – Cuidado com presentes e bajuladores

Maquiavel diria aos políticos que esse é um dos maiores cuidados a se tomar.

“Normalmente começa com um brindezinho ou caneta. Depois, ele só te pagou o almoço. Mas tudo isso gera vínculo e relacionamento. E, acredite: A conta pode vir em algum momento”, reflete Anna Bastos. 

7 – Tenha um círculo de conselheiros 

Tenha pessoas a quem para prestar contas. Sozinho se pode ir mais rápido, mas não mais longe.

8 – Tenha amigos melhores que você. 

Ter amigos e pessoas do seu círculo que são melhores que você sempre farão você querer ser melhor. 

Eles o puxarão para cima e assim você entrará num incrível ciclo virtuoso de aperfeiçoamento.

9 – Lembre-se de que somos todos corruptíveis em algum momento

Ninguém é bom o suficiente que não precise tomar cuidado. Uma pesquisa feita no Brasil e no mundo mostra que aproximadamente 60% a 80% das pessoas nem são antiéticas nem são sempre corretas. 

São pessoa que vão tomar decisões conforme o ambiente e o meio. Por isso, cuidado. Escolha viver com integridade. 

10 – Integridade quase sempre se paga e traz resultados positivos

Seja íntegro ainda que você perca um negócio, uma amizade ou uma oportunidade.

Viver com integridade é o primeiro passo para se adequar ao Compliance, seja onde você estiver. Adote essas dicas para viver com integridade e mude sua rotina.

Entenda melhor sobre o Compliance!

6 benefícios do Compliance para sua empresa!

Acompanha Anna Bastos no Instagram!

Veja mais notícias de Anna Bastos Direito Internacional e Compliance!