Escolha uma Página

Veja quais as informações podem ser solicitadas durante uma análise de crédito e o que são consideradas informações excessivas

A análise de crédito é essencial na venda de produtos e serviços a prazo, sendo uma das formas de preservar a saúde financeira de uma empresa.

Nesse processo, serão levantados os dados que servirão de base para definir sobre a liberação ou não da linha de crédito, a taxa de juros aplicada e a quantidade de parcelas. No entanto, há um limite para informações que podem ser coletadas.

Para que serve a análise de crédito

A análise geralmente é usada para entender o perfil do cliente que está solicitando o crédito. O procedimento é feito de maneira criteriosa, já que é uma forma de evitar possíveis inadimplências. Nesse sentido, a análise de crédito é necessária para manter o equilíbrio das finanças e o funcionamento do negócio.

Informações solicitadas na análise de crédito

O processo de análise de crédito pode variar de acordo com cada empresa, mas em geral são solicitadas as seguintes informações:

Informações básicas: Profissão, renda, estado civil , endereço e CPF.

Restrições: consulta para verificar pendências financeiras no nome do cliente. Dessa forma é avaliado ainda o histórico do relacionamento com outras empresas e como foi o processo para quitar outros débitos.

Além disso, a empresa também pode avaliar as informações disponíveis no Cadastro Positivo.

Nesse banco de dados, são incluídas de forma automática as principais informações sobre o comportamento financeiro do consumidor. O Cadastro Positivo reúne informações sobre bons pagadores.

Quais seriam as informações excessivas na análise de crédito?

De acordo com a Lei do Cadastro Positivo (Lei nº 12.414), há limite legal na coleta das informações sobre o consumidor. Assim, como forma de garantir privacidade e transparência às relações negociais, fica proibida a coleta dos seguintes dados:

Informações excessivas: Aquelas que não estiverem vinculadas à análise de risco de crédito ao consumidor.

Informações sensíveis: Aquelas pertinentes à origem social e étnica, à saúde, à informações genéticas, à orientação sexual e às convicções políticas, religiosas e filosóficas), incorretas ou desatualizadas.

Além disso, os dados bancários, como saldo de conta corrente, limite de cheque especial, limite do cartão de crédito ou informações sobre investimentos dos consumidores estão sob sigilo bancário e não devem entrar na análise de crédito.

Ficou alguma dúvida? Entre em contato e veja como podemos te ajudar no desenvolvimento de negócios e práticas comerciais no Brasil.

Acompanhe Anna Bastos Advocacia também no Instagram!